Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Canudos: História de meninos, será produzido em Euclides da Cunha.

Depois do sucesso que mobilizou uma grande parte das comunidades do município de Canudos, com a apresentação do documentário "OS SERTÕES NA PRAÇA", o fotojornalista e documentarista Antenor Júnior acaba de ser selecionado em mais um Edital Público no Estado. Trata-se do Edital Pontinhos de Cultura, que tem como objetivo principal de premiar proposta sócio-cultural-artístico-educacional, voltada para o fortalecimento dos direitos da criança e do adolescente e a construção de uma política nacional de transmissão e salvanguarda da cultura da infância e da adolescência.

O projeto elaborado por Antenor Júnior é um documentário intitulado, "CANUDOS: HISTÓRIA DE MENINOS", com duração de 30 minutos. O curta metragem contará com a participação de 40 estudantes de Ensino Fundamental do Centro Educacional de Caimbé, instituição situada no interior de Euclides da Cunha. A proposta do projeto é produzir a história da Campanha de Canudos com esses sertanejos. "Produziremos um importante material histórico de nossa região. Após finalizados, o documentário será apresentado em algumas comunidades da região e, consequentemente, distribuiremos nas escolas públicas dos municípios de Euclides da Cunha, Canudos e Monte Santo. Não tenho dúvida, será um grande suporte pedagógico para as escolas desses três municípios, além da implementação dessa nova linguagem, que é o audiovisual, inovando a educação nesta região semiárida", observou Antenor Júnior, que é diretor, roteirista e consultor do projeto. 

OFICINA DE ENCENAÇÃO TEATRAL
O diretor da Cia. de Teatro Foco, Carlos Carneiro, foi contratado pelo projeto. Ele será o responsável pela seleção dos atores e atrizes do documentário, que serão escolhidos através de uma oficina que acontecerá em Caimbé. Carneiro contará com a colaboração de sua assistente, Dirna Ribeiro, com a coreógrafa, Roseli Almeida, e com o cenógrafo, Maxsual Nascimento. Os jovens que se destacarem na oficina farão parte da equipe de produção.

OFICINA AUDIOVISUAL
Na área de audiovisual, Antenor Júnior, será o responsável pela oficina e pelo planejamento do documentário. Os jovens-adolescentes produzirão conteúdos com a temática voltada para o projeto, bem como, participarão de operação de equipamentos de filmagem, decupagem, edição e finalização. Essas atividades contarão com o apoio de Damião Araújo, Patrick Emanual e Fillipe abreu, integrante da equipe cinematográfica. Também, os jovens destaques serão contratados e farão parte da equipe. Segundo Antenor Júnior, "essa nova metodologia de ensino levará o jovem a um melhor conhecimento, pois, além de aulas teóricas, ele terá contato direto com o objeto".

OS SERTÕES EM FOCO, MinC e Secult/BA
O Núcleo de Comunicação Digital, da Produtora OS SERTÕES EM FOCO - imagens da vida, do Ponto de Cultura OS SERTÕES, sediado em Euclides da Cunha será o responsável pela produção e realização do documentário. A proposta é levar os equipamentos para o distrito de Caimbé e montar um núcleo provisório para efetuar as atividades. O edital é uma iniciativa do Programa Mais Cultura do Ministério da Cultura(MinC) e tem parceria da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia(Secult/Ba).


Texto: Ascom da ACEC e euclidesdacunha.com

Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: Canudos: História de meninos, será produzido em Euclides da Cunha. Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana