Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

construindo
sábado, 11 de março de 2017

Uauá é destaque no Jornal Nacional

Umbuzeiro, árvore nativa do Nordeste, socorre agricultores na seca

Cooperativa de catadores que compra grande parte da produção. Produtos do umbu fazem parte da merenda escolar na rede municipal.

E nessa época de seca, a salvação de muitas famílias no Nordeste é o umbuzeiro - árvore símbolo de resistência da caatinga.

No sertão da Bahia, homens e mulheres caminham vários quilômetros para colher os frutos.

De manhã cedo eles já estão nas trilhas da caatinga.  É o dia inteiro caminhando, procurando o umbuzeiro, árvore que só tem no Nordeste.

E em tempos de seca, a árvore nativa socorre o sertanejo da roça.

“Plantamos o milho e o feijão, mas infelizmente não deu porque não tivemos a chuva, perdemos tudo”, comenta Joelma Araújo, agricultora.

No cenário de vegetação quase sem vida, sem comida, o umbuzeiro exibe fartura.  Nada é mais alegre para os catadores de umbu do que encontrar o chão de um único jeito: forrado de frutas.

Muitas vezes os catadores dão sorte de encontrar umbuzeiros bem carregados. “Foi tudo tirado desse umbuzeiro. Tem uns três quilos. Parece que estou grávida”, brinca a agricultora.

É um contraste que chama a atenção.  O umbuzeiro é a única árvore verde no meio da caatinga arrasada.  O segredo está embaixo da terra. As raízes têm batatas que funcionam como uma caixa d’água.

A água fica dentro da batata. E como são centenas de batatas enterradas, elas vão irrigando a árvore. As pesquisas calculam que um umbuzeiro grande chega a acumular 1.500 litros de água. É por isso que ele atravessa todo o período de seca verde e dando frutos.

No fim do dia, um grupo de cinco a seis catadores volta para casa com 100 quilos de umbu. No município de Uauá, norte da Bahia, uma cooperativa criada por eles compra por R$ 1 o quilo.

Este ano, a indústria da cooperativa vai esmagar 300 toneladas de umbu.  No local, a fruta vira poupa, licor, doces. 

“Em torno de 70% da produção a gente vende para o mercado privado e o restante a gente vende para o mercado institucional”, diz Denise Cardoso, presidente da cooperativa.

Fonte de vitamina C e até de inspiração para os poetas nordestinos. Nesta época o umbu é a salvação.

Mas até o umbuzeiro está sofrendo com a seca extrema. Segundo um estudo da Embrapa, em algumas regiões do Nordeste, como no sertão pernambucano, de cada quatro umbuzeiros, apenas um consegue sobreviver.

do jornal daglobo via g1

Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: Uauá é destaque no Jornal Nacional Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana