Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

PM frusta tentativa de Fuga na Delegacia de Curaçá

A polícia chegou  ao local e  identificou a tentativa de fuga após ser comunicada por um carcereiro, que  por volta da 01h, desta quinta-feira (11), estaria havendo uma fuga de presos na Delegacia em Curaçá.
Segundo a polícia, as Guarnições do PETO e RP/45ªCIPM, se dirigiram ao local, frustrando o intento. Sendo constatado no local que os presos Ítalo T. Batista e Francisco da Conceição, estariam escavando a parede com o uso de uma barra de ferro.
Os presos foram revistados e remanejados de cela, e pela ausência de agentes de plantão e delegado, o carcereiro foi orientado a manter vigilância constante, até a chegada da autoridade responsável.
Inclusive cobrando providências pelas condições de vulnerabilidade a segurança do local.

Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: PM frusta tentativa de Fuga na Delegacia de Curaçá Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana